segunda-feira, 6 de outubro de 2008

Esta coisa das pessoas pensarem.....

Esta coisa das pessoas pensarem, tem que se lhe diga...Todos nós sabemos que temos milhares de pensamentos por dia. São muitos e não conseguimos agarrá-los a todos. Mas neste preciso momento agarrei um….tem a ver com a frontalidade.

Realmente interessante, tão genuína, tão verdadeira, tão forte, mas também tão devastadora, e tão chocante, se não for utilizada com bom senso. Sempre fui uma pessoa frontal por uma questão de feitio.

Aos vinte anos conseguia dizer ao meu chefe (ou chefa) no auge de uma discussão:
- Isto não pode ser feito assim. Vou fazer como deve ser feito e não quero saber de mais nada!!!

Hoje em dia digo (usando o meu melhor sorriso):
- Voltamos a falar depois do almoço ( e saio a correr para o meu gabinete para fazer alguns exercícios de respiração e relaxamento e se não funcionar direi umas valentes asneiras baixinho)

A frontalidade é um instrumento valioso, mas acredito que conforme vamos amadurecendo, a vamos conseguindo suavizar, tornar menos agressiva para o próximo. Ser frontal é para mim ser honesta, não só comigo própria como com os outros.

Um conselho (se me permitirem): usem e abusem da frontalidade, tentem não enganar ninguém, digam apenas aquilo que sentem sem subterfúgios, sem jogadas, sem segundas intenções …mas tentem usá-la com carinho pelo próximo.

5 comentários:

Rogério Charraz disse...

Ora bem, pelas minhas contas, às 22h36 ainda estava a dar o Benfica.... com toda a frontalidade, falhaste!

zmsantos disse...

Também, perder tempo a ver aquela miséria...

A CONCORRÊNCIA disse...

Assumo, tenho limitações ou antes bloqueios em certas zonas do cérebro (qual será a zona da massa encefálica que permite ver jogos de futebol do principio ao fim ?).
Mas .... tenho desculpa, quer dizer uma tímida desculpazinha.
Miudos(a)eu já não tinha Net em casa desde Domingo. Miudos(a) eu estive 2 horas ao telefone com a menina da sapo que me mandava abrir e fechar janelas, carregar aqui e ali. Miudos(a) eu fiquei com a orelha toda amachucadinha de tar tanto tempo ao telefone. Miudos(a) eu fiquei que nem podia de tantos campos que a Gaja me mandou preencher. Miudos (a) eu consegui por a Net a funcionar (eu e a Menina da Sapo). Miudos (a) eu tinha que experimentar se a Net tava mesmo a funcionar em condições.
Para a próxima vou conseguir ... vocês vão ver .

Leticia Gabian disse...

Difícil...!!!!!

Maria disse...

Estou completamentre de acordo contigo. Mas às vezes paga-se tão caro....
Resta-nos a satisfação de termos a coluna bem vertical...

Um beijo