domingo, 26 de fevereiro de 2012

Adeus Freddie !!!



Afinal para que serve um blogue ?!?
Afinal para que serve o MEU blogue ?!?

Adeus meu amigo lindo, meu amigo doce e sereno, meu amigo fiel e companheiro de dezasseis anos.
Adeus meu Freddie ...

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Rita Guerra - Cavaleiro Andante



É esta a música que hoje dedico a todos os "cavaleiros andantes".

Linda esta versão da Rita Guerra.

BOM FIM DE SEMANA !!!

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

José Afonso: Arcebispíada -como é possível estas palavras ao fim de tantos anos continuarem cada vez mais actuais ?!?!?!?!?!?



ARCEBISPÍADA (JOSÉ AFONSO)

Pregais o Cristo de Braga
Fazeis a guerra na rua
... Sempre virados prò céu
Sempre virados prà Virgem

A Santa Cruzada manda
Matar o chibo vermelho
Contra a foice e o martelo
Contra a alfabetização
Curai de ganhar agora
Os vossos novos clientes

Além do pide e do bufo
Amigos do usurário
Além do latifundiário
Amigo do Capelão

"Abre Nuncio Vade Retro
Querem vender a nação"

"A medicina é ateia
Não cuida da salvação"
Que o diga o facultativo
Que o diga o cirurgião
Que o digam as criancinhas
"Rezas sim, parteiras não"

Se o Pinochet concordasse
Já em Fátima haveria
Mais de trinta mil vermelhos
A arder de noite e de dia

Caridade, a quanto obrigas
Só trinta mil voluntários
"Cristo reina Cristo vinga"
Nos vossos santos ovários
E também nos lampadários
E também nos trintanários

"Abre Nuncio Vade Retro
Querem vender a nação"

Ó Carnaval da capela
Ó liturgia do altar
Já lá vem Camilo Torres
Com o seu fusil a sangrar

Igreja dos privilégios
Mataste o Cristo a galope
Também Franco, o assassino
Mandou benzer o garrote


São estas as palavras que vos proponho para este fim de semana !!!

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Carlos Paião***arco-iris***



Arco-Íris

Carlos Paiao


Enquanto os homens falam de progresso
E há gente p'los caminhos sem sorrir
No mundo dos que sonham tudo tem um preço
E o tempo o tempo quer fugir

Arco-Íris, Arco-Íris
Quantos homens são precisos p'ra sonhar
Arco-Íris, Arco-Íris
Se quisermos o bom tempo vai chegar

Enquanto criticamos duramente
Esquecendo a culpa que há em todos nós
Doenças guerras fome são números somente
E a vida a vida não tem voz

Sete cores lado a lado
Como um sonho sem fim
Natureza obrigado
Por seres bonita assim
Enquanto os homens falam eu não ouço
Abraço o teu sorriso meu amor
Amigos vão e vem num lugar tão nossso
Respiro e o tempo é bem melhor

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Sara Tavares PONTO DE LUZ

Imaginem Alguém rodeada de crianças, entre os 9 e os 14 anos, com origens Cabo-Verdianas ...
Imaginem que toca o telemóvel desse alguém ...
Imaginem que o tom do toque desse telemóvel é uma canção da Sara Tavares ...

Uma das crianças ao ouvir a música exclama: olha Kizomba !!!
Alguém responde : é a Sara Tavares !!!
A Criança pergunta : quem é a Sara Tavares ?
Alguém insiste : não conheces a música da Sara Tavares ? e a da Mayra Andrade também não ?
A Criança retorque : Não !!! Eu só gosto de RAP !!!!


Eu também gosto  de RAP, de algum RAP ... mas adoro Sara Tavares e Mayra Andrade e Lura e Cesaria Evora e, e, e ...





BOM FIM DE SEMANA com muitos pontos de luz ...

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

video


Mais uma história do livro "Histórias encantadas - a magia do contar"

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Um livro que nos interpela e alerta para a necessidade urgente da construção de um mundo melhor, onde todos sejam mais PESSOA

Hoje ofereceram-me um dos livros mais lindos e comoventes que já li em toda a minha vida.

"Histórias Encantadas - A MAGIA DO CONTAR".

Tem um prefácio escrito por António Torrado de onde destaquei estas palavras:

"Nas histórias para crianças por elas escritas, a felicidade é um horizonte próximo. Da aspiração à realização pouca a demora. Um sopro desvanece angústias e faz romper marcos de oiro ao cabo do contado.

Assim sendo, eu, contagiado pela plenitude e luminosidade dos sorrisos sem pregas de esforço, formulo um desejo, o de que estas crianças não vejam desmentidas as histórias que inventaram, porque a imaginação é uma energia expansiva que nos dá o direito a ser felizes, também do lado de cá dos espelhos".

Escolhi esta história para partilhar com todos vós. Poderia ter escolhido qualquer outra das 30 que fazem parte do livro, todas escritas por crianças de diferentes culturas, de diferentes vivências, entre os 7 e os 13 anos que, parafraseando a Dra. Solange Aquino que concebeu e coordenou este projecto  "juntas encontraram as suas semelhanças"  ...


A VIDA NO JARDIM ENCANTADO

Naquele dia o Jardim Encantado estava mais lindo.
As árvores estavam deslumbrantes com seu mantos de verdes e castanhos.
Os insectos estavam a sobrevoar o riacho transparente que dava para
ver os peixes e os tubarões a nadarem um ao lado do outro.
Os leões corriam e saltavam ao lado dos veados.
As serpentes faziam carinho aos ovos das cegonhas.
O riacho tinha um azul magnífico. Um azul que brilhava ao ver o sorriso das
crianças de todas as cores. Crianças castanhas, brancas, vermelhas, negras, amarelas.
Os adultos saltavam à corda, riam, brincavam, cantavam.
Nesse jardim, o amor, o perdão e o carinho, eram as palavras mais usadas.
O pombo voava juntamente com a águia.
O cão comia com o gato.
A rã juntamente com a mosca, jogavam à macaca.
A relva desse jardim era amarelo brilhante.
As formigas eram brancas e pretas.
As flores tinham pétalas de morangos.
As algas eram de roxo escuro e as conchas de todas as cores.
As árvores davam frutos deliciosos de comer e chorar por mais. Os pessêgos
tinham sabor a felicidade. As bananas eram redondas e as maçãs compridas.
O mundo era melhor e nesse jardim havia amor, afecto e compaixão.
O mundo poderia ser aquele Jardim Encantado

Maria da Conceição Mendes Barbosa - 12 anos
(Origem: Cabo Verde)

domingo, 5 de fevereiro de 2012

Kitesurf !!!


Praia Grande, meio da tarde, 10 graus de temperatura, um vento cortante, os raios de Sol rasgando de quando em vez as nuvens, o mar lindo de morrer, as ondas acariciando a areia, a espuma branca que resultava dessa carícia espalhando-se por toda a praia.  

 E ali estavam eles deslizando pela água, rodopiando no ar, caminhando sobre as ondas a uma velocidade vertiginosa. Tivesse eu menos uns anitos e atreveria-me a experimentar. Como gostaria de ser capaz de brincar assim com o mar ...


 

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

21% dos portugueses (um em cada cinco) vivem em condições de exclusão social !!!

Se todo o ser humano fosse mais tolerante, mais racional, mais paciente para com todos os que nos rodeiam, talvez conseguissemos fazer um mundo melhor, quem sabe a exclusão social diminuisse .Se pudessemos voltar a ser crianças....
Poderiamos sonhar em ser todos iguais....



No nosso país, fala-se mais de pobreza do que de exclusão social porque estamos mais habituados a viver com ela, o que nos leva a perder sensibilidade para este fenómeno. Esta atitude está a fazer com que os pobres fiquem resignados com a sua pobreza e os não pobres considerem-na uma fatalidade, atribuindo a pobreza aos próprios pobres. Esta visão predispõe uns e outros a não enfrentarem este problema.
Nesta altura há dois milhões de pessoas, em Portugal, a viver abaixo dos 60% do rendimento mediano definido pelo Eurostat para o nosso país. São 21% de portugueses com condições de exclusão social, o que quer dizer que há um em cinco sem condições básicas de sobrevivência.

Pedro Antunes Pereira